Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

exit_this_way

exit_this_way

21
Nov16

Meditação - a minha primeira experiência

Há uns meses comecei a praticar yoga, para ver se, além de exercitar o corpo, acalmava o sistema. Em termos de flexibilidade sim, tenho visto significativas melhoras, mas do resto nem tanto, até porque, como grande rainha da preguiça, só pratico uma vez por semana, e milagres… não existem!

1c8ffd37eaac78df1b5dd8718d4b8536.jpg

 

Mas na semana passada, na conversa com as colegas no fim da aula, fui convidada a juntar-me a um grupo de meditação zen. Meditação?!?! Interessante! Mal ouvi falar nisto, veio-me logo à ideia a Julia Roberts no “Eat Pray Love”, a afastar as moscas da cara na sala de meditação do Ashram lá na Índia…

7b2317b788d8ec5d70a974a97bf27859.jpg

 

Achei por bem experimentar (mal não faz!), para ver se aprendo a calar a minha cabeça barulhenta de vez em quando, e tenho que vos dizer, meditar é difícil como tudo!!!

Estive lá um hora, (fui mais cedo para me explicarem como funciona e tudo o mais..), 60 minutos inteirinhos sem proferir uma única palavra, com a dificuldade acrescida de que durante 50 minutos, além de estarmos em silêncio, estamos também sentados e imóveis (supostamente…).

A estrutura é a seguinte: 25 minutos sentados, 10 minutos a andar (5minutos num passo extremamente lento, 5 minutos num passo mais rápido), e mais 25 minutos sentados. Bem, os meus joelhos estavam on fire quando acabei, é tudo o que vos digo!! E naquilo que eu imagino terem sido os primeiros 10 minutos, já que não tinha relógio e também não podia estar a olhar para o lado, uma pessoa sofre… é a posição em que estamos sentados, que é nova, é o silêncio avassalador, tudo muito sério, não podemos olhar uns para os outros, nem andar a vasculhar o quarto com os olhos só porque sim… Inspirar, expirar, contar até 10, começar de novo… às tantas já ia no 20 e tal… sinal de que me distraí… e depois uma pessoa pensa: vou jantar o quê?!?! Não, agora tens que deixar os pensamentos irem!!! Não penses!!! Mas como é que se faz isso?!?!? Desespero!!!!! Ainda não percebi muito bem como é que se faz isso de “observar os pensamentos, eles vêm e vão, mas não nos agarramos a eles”…

df88bb8f2e6124af5a93452717866cd6.jpg

 

Claro que, hoje em dia, se fala imenso nos benefícios da meditação, e em como é uma coisa que podemos fazer sozinhos, em qualquer sítio… Mas a verdade é que não me imagino em casa sozinha, em silêncio e perfeitamente imóvel a meditar, por isso vou ver se, quando puder, me junto ao grupo. Nestas coisas, acredito que a união faz a força!

E como era domingo, foi chegar a casa toda zen, tomar um belo de um banho de imersão e morrer para a vida, que me soube tão bem! Há muito que não me sentia tão relaxada…

1ef8f069d633c5bea07042a194f45a73.jpg